Criar e Vestir Cidadania

O projeto “Criar e Vestir Cidadania”. Que tem como intuito formar adolescentes com deficiência física, de 14 a 17 anos em silk screen foi selecionado no Criança Esperança, realizado pela Unesco e Rede Globo de televisão.

O projeto visa realizar oficinas de cidadania, informática, silk screen em camisetas e canecas personalizadas, além de criação e confecção de bonecas que representem a diversidade. Os recursos também contemplam a compra de uma Van adaptada e maquinas de estamparia.

A produtora da Globo esteve na associação, para uma reportagem, a qual contou com a participação de Fernando Fernandes, atleta paraolímpico e um dos mobilizadores do Criança Esperança 2018. Interagindo com nossos beneficiários e colaboradores. “Para mim é enriquecedor e fantástico saber que tem pessoas acreditando na capacidade do ser humano. Independente de deficiência física ou não, ninguém está enxergando incapacidades e sim a capacidade. Saio daqui mais feliz, mais leve e motivado para continuar na minha luta também” afirma o atleta Fernando, que se tornou cadeirante em 2009 após um acidente.

O Projeto está oportunizando para jovens com deficiência física qualificação profissional através da prática de Sublimação. Os participantes já estão na fase de manuseio das maquinas, realizando a criação de diversas estampas em camisetas, canecas, chinelos, entre outros objetos, além da confecção de bonecas da diversidade, com o apoio de representantes do Fórum de Economia Solidária de Canoas.

Compartilhe em suas redes sociais