Muita emoção na formatura de conclusão de curso do Programa Aprendiz

Foi entre lágrimas e sorrisos que mais duas turmas de aprendizes concluíram o curso de auxiliar administrativo. A formatura de conclusão do curso da turma da Dufrio aconteceu na quinta-feira (01) às 14h, no auditório da Previdência Social – Agência Canoas; já os alunos do grupo Rede La Salle e da ACADEF se formaram sexta-feira (02) no mesmo horário, no auditório do colégio La Salle. Ao todo foram 31 formandos que com suas togas, barretes e canudos em mãos, conseguiram encher de lágrimas os olhos das professoras, padrinhos e todos os demais convidados.

O Programa Aprendiz da ACADEF consiste em qualificar pessoas com deficiência física para o mercado de trabalho. No curso os alunos aprenderam, com aulas teóricas e práticas, técnicas para atuarem como auxiliares administrativos. A assistente social e coordenadora do programa, Patricia Bittencourt, conta que o maior objetivo é a inclusão destas pessoas, “não é simplesmente inseri-los no mercado, eles precisam ser incluídos, em função das poucas oportunidades”.

A analista de RH da Dufrio, Ana Paula Cassel, afirma que a parceria com a ACADEF foi maravilhosa e houve uma grande troca de conhecimento entre as duas instituições. Cassel conta também do ótimo desenvolvimento dos aprendizes dentro da empresa, “teve alguns que no primeiro momento chegaram e nem conversavam com a gente, e que nos últimos dias, principalmente nos últimos meses foi significativo, ainda mais esses últimos dois meses que eles estiveram conosco, o desenvolvimento foi muito grande’.

Uma das formandas pela Dufrio, Tamires Viana,16, conta que participar do aprendiz foi uma experiência muito boa, onde pode aprender muito. A mãe da jovem, Catia da Silva Viana, com lágrimas, demonstra a felicidade de ver a filha se formando, “pra mim cada vitória dela é minha vitória, eu criei ela sozinha, então pra mim é uma grande vitória”, declara. Agora Catia só espera que a filha se empenhe e aproveite essa oportunidade para crescer.

Liline Saul, pedagoga e analista de RH da Rede La Salle, conta que com o projeto da instituição “Capacitar para incluir”, onde está inserido o Programa Aprendiz, já conseguiram incluir no mercado 51 jovens com deficiência. Segundo Saul a importância deste projeto é mostrar para esses jovens que eles são capazes entrarem no mercado de trabalho apesar de suas limitações. Ela ainda relata que pode perceber o comprometimento de cada um deles com o trabalho, tanto que haverá entre eles uma efetivação quase 100%.

A aluna Renata Rossi Kinis, 22, se formou pela Rede La Salle, ela afirma que poder fazer parte do programa foi muito bom para o seu aprendizado. Roseli Rossi Kinis, mãe da Renata, conta que a importância do programa na vida da jovem foi o preparo para o mercado de trabalho e que agora ela está ponta para essa responsabilidade e assim mostrar ser uma cidadã como todos os outros.

     

Share