Mais sustentabilidade na ACADEF com instalação de placas solares

No dia 11 de janeiro, a ACADEF teve um marco em relação a sustentabilidade e posicionamento frente a questões ambientais: se tornou a primeira ONG do Rio Grande do Sul a implantar o uso de energia solar para beneficiar pessoas com deficiência. Trata-se do projeto Solarium, que tem o objetivo, em sua primeira fase, de aquecer a piscina de hidroterapia através do uso de placas solares, eliminando o consumo de gás, parcialmente, nesta primeira fase, em até 50%.

Inaugurada em outubro de 2011, a piscina de hidroterapia é a única do Estado com piso aquecido e infraestrutura que atende exclusivamente ao SUS. Segundo Jivago Di Napoli, fisioterapeuta, gestor de Reabilitação e autor do projeto, trata-se de uma parceria com o Grupo Fleury, que selecionou a ACADEF para participar do Projeto Dom. Em sua segunda fase, projeto pretende atingir 100% de sustentabilidade do sistema de gás da piscina e ter eficiência energética, através de painéis fotovoltaicos, de toda sede da ACADEF, para reduzir totalmente também com o consumo de energia elétrica, se tornando uma minigeradora de energia.

Priscila Junqueira, bióloga da ACADEF, diz que a energia solar “É um dos fatores limitantes para a existência de vida na Terra e sua utilização não emite gases poluentes. É uma energia renovável, limpa e inesgotável”.

A utilização de energia limpa só trará benefícios: promover a sustentabilidade financeira e socioambiental da ACADEF, além de transmitir uma imagem verde para a comunidade.

Estamos extremamente felizes por colaborar para um mundo melhor às futuras gerações.

Que o sol brilhe para todos nós!

Compartilhe em suas redes sociais